Skip to content

Vamos falar do Anarquismo… no contexto gramatical?

1.September. 2020
por Claudia Atas
(Foto: Google Imagens)

Foto: Google Imagens

Proponho uma leitura de ganho duplo: relembrar aspectos básicos da ideologia anarquista e, ao mesmo tempo, rever gramática e estilo.

A ideia é simples: ambas as revisões se darão por análise comparativa entre textos originais e versões editadas, nas quais assinalo problemas e apresento soluções.

Selecionei alguns trechos de artigos publicados em sites confiáveis (qualidade da informação). Eles abrangem três aspectos: definição de anarquismo (uma fonte), contexto dessa ideologia e principais anarquistas registrados por historiadores.

Hoje, a análise se refere à definição dessa corrente política, extraída de um artigo publicado na Wikipedia. Vamos lá?

I- O que é Anarquismo?

 Anarquismo é uma ideologia política que se opõe a todo tipo de hierarquia e dominação, seja ela política, econômica, social ou cultural, como o Estado, o capitalismo, as instituições religiosas, o racismo e o patriarcado.[1] Através de uma análise crítica da dominação, o anarquismo pretende superar a ordem social na qual esta se faz presente através de um projeto construtivo baseado na defesa da autogestão,[1][2] tendo em vista a constituição de uma sociedade libertária baseada na cooperação e na ajuda mútua entre os indivíduos e onde estes possam associar-se livremente.[3][4]

Os meios para se alcançar tais objetivos são motivos de debates e divergências entre os anarquistas.[1][5] Com base em discussões estratégicas acerca da organização anarquista, das lutas de curto prazo e da violência, estabelecem-se duas correntes do anarquismo: o anarquismo insurrecionário e o anarquismo social ou de massas.[6]

O anarquismo insurrecionário afirma que as lutas de curto prazo por reformas e que os movimentos de massa organizados são incompatíveis com o anarquismo, dando ênfase à propaganda pelo ato como o principal meio para despertar uma revolta espontânea revolucionária.[7]

Já o anarquismo social ou de massas enfatiza a noção de que apenas movimentos de massa podem ser capazes de provocar a transformação social desejada pelos anarquistas, e que tais movimentos, constituídos normalmente por meio de lutas por reformas e questões imediatas, devem contar com a presença dos anarquistas, que devem trabalhar no sentido de radicalizá-los e transformá-los em agentes revolucionários.[8]

https://pt.wikipedia.org/wiki/Anarquismo#:~:text=Anarquismo%20%C3%A9%20uma%20ideologia%20pol%C3%ADtica,o%20racismo%20e%20o%20patriarcado.

Trecho para análise:

Através de uma análise crítica da dominação, o anarquismo pretende superar a ordem social na qual esta se faz presente através de um projeto construtivo baseado na defesa da autogestão, tendo em vista a constituição de uma sociedade libertária baseada na cooperação e na ajuda mútua entre os indivíduos e onde estes possam associar-se livremente.

1- ATRAVÉS DE /POR MEIO DE

Em provas vestibulares e outras situações que exigem linguagem formal ou coloquial correto, é necessário seguir a gramática, que distingue as expressões através de/por meio de.

Nesse sentido, através de significa transpassar e dar transparência; por meio de expressa modo, recurso, caminho para se fazer algo concreto ou abstrato. Assim,

Por meio de uma análise crítica da dominação,  o anarquismo …

Por meio de um projeto construtivo…

2- VÍRGULAS

São importantes para separar e/ou clarear ideias, argumentos e informações que, impropriamente agrupadas, confundem o leitor.

(…)  Através de (sic) uma análise crítica da dominação,  o anarquismo pretende superar a ordem social (vírgula), onde esta se faz presente  (vírgula),  através de (sic) um projeto construtivo baseado na autogestão…

3- REPETIÇÕES

Podem e, às vezes, devem ser usadas. Mas, não em casos que denotam vocabulário pobre ou “preguiçoso”, como mostrou o primeiro exemplo tratado acima:

Original

Através de uma análise crítica da dominação, o anarquismo pretende superar a ordem social na qual esta se faz presente através de um projeto construtivo

Sugestões

(…) Por meio de uma análise crítica da dominação, o anarquismo pretende superar a ordem social, na qual esta se faz presente, estabelecendo-se/ com apoio de/com um projeto construtivo.

Repetições desnecessárias também ocorrem neste trecho:

Original

(…) o anarquismo pretende superar a ordem social (…) através de um projeto construtivo baseado na defesa da autogestão, tendo em vista a constituição de uma sociedade libertária baseada na cooperação …

Sugestão

(…) um projeto construtivo fundado/fundamentado/apoiado na defesa da autogestão, tendo em vista a constituição de uma sociedade libertária baseada na cooperação…

Ou

(…) um projeto construtivo fundado na defesa da autogestão, tendo em vista a constituição de uma sociedade libertária apoiada cooperação

4- CLAREZA, PRECISÃO, ADEQUAÇÃO

De olho na clareza, na precisão e na adequação do termo, prefira substituir onde por em que, no qual/na qual:

Original

(…) sociedade libertária baseada na cooperação e na ajuda mútua entre os indivíduos e onde estes possam associar-se livremente.

Sugestão

(…) sociedade libertária baseada na cooperação e na ajuda mútua entre os indivíduos e na qual estes possam associar-se livremente.

Veja no próximo post: Quando e como surge o Anarquismo?

Deixe uma resposta

Observação: Você pode usar HTML básico nos seus comentários. O seu email não será publicado.

Assine este comentário via RSS