Skip to content

Redação: prepare-se para ser eficiente (II)

11.June. 2020
por Claudia Atas

redigir-com-eficiencia-ii-texto-e-imagem-iiVocê decidiu iniciar a redação. De repente, surge a irresistível vontade de tomar um cafezinho, comer um petisco ou liquidar pequenas tarefas para garantir sua concentração no texto. Cuidado. Você pode estar se preparando para… adiar a redação. Ou seja, você criou subterfúgios.

A estratégia de combate a esse comportamento, quando frequente [procrastinação], foi descrita no artigo anterior Neste, pressupondo que você decidiu enfrentar o problema, recomendamos a seguinte estratégia:

1- Sente-se diante do computador e afaste eventuais ideias desvinculadas da tarefa de escrever seu tema de redação.

2- Programe alguns intervalos – pausas beneficiam a postura corporal e o desempenho intelectual. A mente descansada compensará o “tempo perdido” das interrupções programadas, proporcionando revisões espontâneas e surpreendentemente positivas, sobre o que foi escrito e sobre o que se deixou de escrever, apesar das tentativas.

3- Se você ainda não trabalhou na estrutura do tema, não pode adiar essa providência. A estrutura ajudará não só a desenvolver a redação, como preparar a abertura do texto.

Pense na estrutura como uma série de capítulos que desdobram o tema principal, numa sequência harmônica, coerente.

4- Escreva livremente uma abertura de texto. Algumas dicas:

  1. a) Dê uma ideia geral do que o leitor encontrará no texto completo.
  2. b) A forma “resumo” costuma ajudar.
  3. c) Evite frases longas. Frases curtas facilitam o desenvolvimento da redação e a compreensão do leitor. Mas, atenção: não confunda frases curtas com frases esquemáticas, que só você entende, e, portanto, são inaceitáveis em redações.

5- Contenha os impulsos de explicar conceitos, detalhar ou aprofundar aspectos que serão contemplados fora da abertura, ao longo da redação.

6- Cuidado com os desdobramentos que escapam do tema. Se desejar, transfira essas digressões para um arquivo específico, vinculando cada uma ao local de onde foi removida.

Dicas adicionais

1- Concentre-se na linguagem, lembrando que você está se dirigindo a pessoas que ignoram seu posicionamento. O estilo resulta do espírito com que você escreve: pense em manter a atenção do leitor e incentivá-lo a querer saber mais. Nesse sentido, evite jargões e linguagem rebuscada.

2- Economize explicações, mas seja generoso com exemplos que apoiem seus argumentos.

3- Leia o texto de abertura em voz alta. Ao se escutar, você perceberá se existe excesso de palavras, se o estilo ficou pomposo e dá para ser menos formal. A linguagem para ser ouvida melhora extraordinariamente a linguagem para ser lida.

Deixe uma resposta

Observação: Você pode usar HTML básico nos seus comentários. O seu email não será publicado.

Assine este comentário via RSS